Nota de Solidariedade aos militantes do MPA em greve de fome

0
170
banner (1)

A FENAMP e a ANSEMP vem a público expressar sua solidariedade e total apoio às trabalhadoras camponesas ligadas ao Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) Leila Denise e Josi Costa, e ao Frei Sérgio Görgen, que estão desde o dia 5 de dezembro em greve de fome, em Brasília, no Salão Verde, da Câmara dos Deputados, contra a proposta da reforma da previdência do governo Temer. Desde que iniciou, o movimento ganhou novos apoios e hoje já são nove trabalhadores de diferentes movimentos em greve, além de diversos estados e municípios onde mais trabalhadores estão fazendo jejum público como forma de apoio a luta destes companheiros.
A atitude destes trabalhadores é um exemplo de que temos que ir ao extremo para impedir mais este brutal ataque a classe trabalhadora e ao povo brasileiro. Temos que desmascarar o discurso mentiroso e perverso do governo Temer e denunciar que a reforma atinge a todos os trabalhadores, do campo, da cidade, os servidores públicos e os setores mais empobrecidos e vulneráveis da população.
Já ficou amplamente demonstrado que a previdência não é deficitária e que os alegados privilégios aos servidores, como alardeia o governo, não são reais. A CPI da previdência desmontou o argumento do déficit e mostrou que o problema são os grandes empresários e latifundiários, que sonegam os valores da previdência. Já quanto aos servidores, não há privilégios entre eles. Os verdadeiros privilégios continuarão, já que magistrados, militares e políticos estão fora da reforma.

A reforma proposta por Temer para atender principalmente aos banqueiros que financiaram o golpe,  praticamente acaba com a aposentadoria e a fome que vem sendo sentida hoje por estes grevistas, será uma realidade para muitos brasileiros.
Exigimos que os órgãos competentes, a Câmara Federal e o governo federal atenda as reivindicações apresentadas, preservando a vida dos manifestantes e o direito à aposentadoria de todos os brasileiros.
Reiteramos a necessidade de tomarmos as ruas do País, caso a medida seja colocada em votação para impedir que mais este ataque se concretize contra os trabalhadores.
Federação Nacional dos Servidores dos Ministério Públicos Estaduais – FENAMP
Associação Nacional dos Servidores do Ministério Público – ANSEMP
Brasília, 14 de dezembro de 2017.