Congresso Extraordinário da FENAMP será durante o FSM

0
48
banner (1)

Atividade será organizada dentro da semana do Fórum Social Mundial, em março de 2018

A FENAMP realizará no mês de março de 2018, o seu Congresso Extraordinário. A atividade será paralela às atividades do Fórum Social Mundial, que ocorrerá em Salvador (BA), entre os dias 13 e 17 de março, na Universidade Federal da Bahia (UFBA). A ideia é realizar a instância máxima da categoris em dois dias se integrar à programação do Fórum.

De acordo com o coordenador da FENAMP e presidente do Sindicato dos Servidores do Ministério Público de Santa Catarina, Gilmar Rodrigues, a ideia de realizar o Congresso da FENAMP durante o FSM faz parte da visão de integração que permeia as ações da Federação desde sua criação. “No FSM estarão presentes mais de 300 entidades nacionais e internacionais, os movimentos sociais e é, portanto, um momento ímpar para a Federação, que é nova, aproveitar os espaços de discussão de maneira generalizada, debater os problemas nacionais e mundiais e um momento de formação política para os componentes da categoria”, avaliou.

Para o dirigente, é importante abrir os olhos não só para os problemas locais, da categoria, mas também ter um olhar para o contexto e, diz ele, a pluralidade do FSM proporciona amadurecimento dos debates, fortalecimento das convicções, das posições, para uma atuação de forma conjunta. “Estamos muito voltados para a área do Direito e pouco ligados aos movimentos sociais, que levam às grandes conquistas. Mas é importante que o movimento sindical se integre aos movimentos sociais para buscar maior qualidade de vida, não somente dentro do MP”, destaca ele.

Gilmar destaca que a FENAMP, em menos de dois anos, ou cerca de 20 meses em atividade, já conseguiu crescer muito e hoje é a única Federação que representa, de fato, os servidores do MP. “Começamos dia 19 de maio de 2016, com 12 sindicatos e estamos chegando, agora, a 23. Quando elaboramos o Estatuto levamos em conta àquela realidade. Mas hoje, nossa realidade é outra, envolvendo mais sindicatos, e temos que abrir espaço para que todos venham a colaborar e fazer parte da estrutura da Federação. Também temos 12 coordenadores, que representavam cada uma das entidades iniciais, com uma estrutura completamente horizontal, com igualdade de posições, então temos que conversar com as demais entidades para rever estas questões e por isso é fundamental a realização deste Congresso”, esclareceu.

Ele informa, ainda, que durante o Congresso outros assuntos também estarão na pauta, dentre eles, a filiação da FENAMP a uma entidade de grau superior, uma Federação ou central sindical. “A FENAMP não está sozinha no mundo, não podemos ficar isolados, temos que fazer uma atuação de maneira nacional, e é importante que venhamos a debater isso”. De acordo com Gilmar, no encontro de Goiás este tema já foi levantado e foram sugeridas centrais que poderão ser convidadas para se apresentarem durante o Congresso, de forma a dar início às discussões.

Assessoria de Comunicação

24/11/2017 23:23:05