MT – Servidores do MP deflagam estado de greve e exigem aumento e concurso.

0
55

Também foi definido que haverá um dia de paralisação ainda este mês.

Em assembleia-geral extraordinária realizada na última quarta-feira (6), em Cuiabá, o  Sindicato dos Servidores do Ministério Público do Estado de Mato Grosso (SindSemp) aprovou estado de greve. Também foi definida uma paralisação de um dia para a segunda quinzena de deste mês, caso o sindicato não chegue a uma solução comum com o chefe do Ministério Público Estadual (MPE), procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges
Pereira.

Pelo que ficou definido na assembleia da categoria, o dia de paralisação deverá ocorrer antes do dia 29 de julho. O presidente da SindSemp, Eziel da Silva Santos, explicou que movimento reivindica concurso público para o Ministério Público, recomposição de perdas salárias e uma campanha para o fim do assédio moral dentro da entidade.

De acordo com Eziel, o sindicato nunca havia deflagra estado de greve em Mato Grosso. É a primeira vez na história do Ministério Público que se chega a esse ponto. É algo histórico. Sempre o sindicato e a associação trabalharam com diálogo. Com 1O anos, esgotamos o diálogo, relatou o sindicalista.
De acordo com ele, a categoria até então foi compreensiva por causa período atípico vivenciado por causa da pandemia de Covid-19, mas ainda assim o Estado registrou crescimento e isso reflete na arrecadação.

A gente compreendeu o processo da pandemia, que causou uma tragédia tanto nas vidas quanto econômicas, mas, por outro lado, a economia do Estado cresceu e uma arrecadação exponencial. Compreendemos que esse é o momento de serem alcançadas e serem recepcionadas nossas reinvindicações, disse o presidente do SindSemp.

Fonte:
https://www.folhamax.com/politica/servidores-do-mp-deflagram-estado-de-greve-e-exigem-aumento-e-concurso/359649

SindsempMT