24J: centrais sindicais reforçam o quarto ‘Fora Bolsonaro’

0
118

As centrais sindicais — CGTB, CSB, CSP-Conlutas, CTB, CUT, Força Sindical, Intersindical, Intersindical, Nova Central, Pública e UGT —, em nota pública, reforçam a convocação do povo brasileiro para os atos do próximo sábado (24) em todo o País. É o #24J.

24j 2021

As entidades, assim, reforçam a luta pelo “Fora Bolsonaro, por auxílio [emergencial] de R$ 600, vacina para todos já, contra o desemprego e a carestia, contra a Reforma Administrativa [PEC 32/20] e também para manifestar a indignação por causa das mais de 540 mil mortes, centenas de milhares das quais poderiam ter sido evitadas”, está escrito na nota das centrais.

“Só o povo em massa nas ruas vai impedir que se concretizem as aventuras autoritárias que o presidente tem insinuado, como a de que pode impedir a realização das eleições de 2022 ou não aceitar o resultado das urnas eletrônicas em caso de derrota”, acrescenta a nota da centrais.

O 24J vai ser a 4ª manifestação nacional do povo brasileiro pelo impeachment do presidente Bolsonaro. A 1ª foi em 1º de Maio, Dia Internacional do Trabalhador, a 2ª foi em 19 de junho e a 3ª foi em 3 de julho.

As mobilizações crescem em quantidade de manifestantes a cada evento, em oposição ao governo do presidente Bolsonaro. Segundo os organizadores do 24J, a do próximo sábado promete ser bastante expressiva. Aguardamos, pois! Eis a íntegra da nota das centrais sindicais:

centrais nota 24J

DIAP