MG – SINDSEMPMG realiza pesquisa sobre a situação das comarcas do MP em relação às ações adotadas para conter a disseminação Covid-19

0
348

Pesquisa servirá para mapear os casos e reforçar cobranças por reforços nas medidas de segurança

Nas últimas semanas, o país tem enfrentado novamente um crescimento vertiginoso no número de casos de Covid-19. Segundo o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) divulgado neste domingo (29/11), o número de mortes por Covid-19 em Minas Gerais é alarmante e passa dos 10 mil, com a confirmação de mais 41 óbitos em 24 horas, enquanto os números de casos chegaram a 415.247, sendo 2.251 confirmados em 24 horas.

Preocupado com a saúde dos Servidores do MPMG diante da segunda onda de contágio do novo Coronavírus, o SINDSEMPMG está realizando um levantamento junto à categoria para tomar conhecimento das condições das comarcas no estado e embasar possíveis cobranças por medidas sanitárias para aumentar a segurança nestes locais. Acesse aqui o formulário de pesquisa*.

A volta do crescimento da curva de contágio também requer grande responsabilidade nas ações individuais e coletivas. É necessário redobrar os cuidados com a higiene e respeito às regras de distanciamento social. O SINDSEMPMG, juntamente com o SERJUSMIG iniciam uma campanha de conscientização para conter a disseminação do vírus entre os servidores.

É primordial neste momento reforçar as recomendações dos órgãos de saúde:

– Lavar as mãos com frequência. Use sabão e água ou álcool 70%;

– Manter uma distância segura de pessoas que estiverem tossindo ou espirrando;

– Usar máscara quando não for possível manter o distanciamento físico;

– Não tocar nos olhos, no nariz ou na boca;

– Cobrir o nariz e boca com o braço dobrado ou um lenço ao tossir ou expirar;

– Sair de casa somente quando necessário;

– Não sair em casos de indisposição;

– Procurar atendimento médico se tiver febre, tosse e dificuldade para respirar;

Cobranças

No dia 17 de setembro, o SINDSEMPMG protocolou um ofício à PGJ requerendo a intensificação do mapeamento de todos os casos de contaminação entre servidores, membros, estagiários e terceirizados nas instalações da instituição e a comunicação interna com a suspensão imediata do expediente e determinação de realização de trabalho remoto nestes locais.

O ofício foi respondido pelo PGJAA Adjunto, Dr. Heleno Portes, informando que a administração está tomando todas as medidas necessárias para intensificar o mapeamento e a prevenção nos prédios do MP.

Na oportunidade, o documento reforçou também a necessidade da regulamentação urgente do teletrabalho.

O SINDSEMPMG, diante desta tendência de alta dos casos de COVID, redobra as atenções e o monitoramento focado na preservação da integridade física dos servidores.

Fonte: Assessoria de Comunicação SINDSEMPMG

*adaptado de SERJUSMIG