FENAMP e ANSEMP participam de reunião sobre elaboração de Política Nacional de Saúde Mental do Ministério Público

0
151

A FENAMP e a ANSEMP participaram, na quarta-feira (14), de reunião com a conselheira do Conselho Nacional do Ministério Público e presidente da Comissão da Saúde (CES/CNMP), Sandra Krieger. A Comissão da Saúde do CNMP  irá implementar uma série de ações no sentido de preservar e promover a saúde mental dos membros e servidores do Ministério Público brasileiro. Na reunião, as entidades nacionais apresentaram os resultados da pesquisa “Fatores Psicossociais no Trabalho e Saúde em Trabalhadores do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul”, realizada pelo SIMPE-RS em 2018.

O objetivo da Comissão é estabelecer uma Política Nacional de Saúde Mental do Ministério Público, com princípios e diretrizes para nortear a atuação estratégica do MP na área. Na ocasião da apresentação do projeto, em 22 de setembro, a conselheira Sandra Krieger destacou que: “São impactantes os dados iniciais sobre o suicídio no sistema de Justiça, incluindo integrantes do MP, e elevados os índices de afastamentos por afetação da saúde mental de membros e servidores”. 

Na reunião de ontem, a conselheira se mostrou aberta à iniciativa das entidades de buscar a Comissão para discutir o tema da saúde mental no Ministério Público. Além dos dirigentes das entidades, também participou da discussão uma das professoras responsáveis pela pesquisa em saúde realizada no Rio Grande do Sul. Silvia Generali da Costa é psicóloga, mestre e doutora em Administração com ênfase em Organizações e também é professora aposentada da UFRGS. Ela apresentou os resultados do estudo desenvolvido em 2018 e também conversou com os presentes sobre o processo de elaboração da pesquisa. 

A conselheira Sandra Krieger ficou satisfeita com a realização da pesquisa por uma instituição de ensino. A intenção é construir uma pesquisa nacional com membros e servidores do MP. A FENAMP e a ANSEMP irão fornecer os dados detalhados sobre o estudo e também participarão das reuniões seguintes da Comissão para elaboração do estudo. Para a próxima semana, uma nova reunião já está agendada para iniciar o trabalho de desenvolvimento da pesquisa.

Além de um estudo nacional, o projeto está dividido em outras etapas. Inicialmente, foi realizado um diagnóstico, com o levantamento de dados sobre o assunto junto às unidades do MP em todo o país. Também está prevista a elaboração de uma cartilha de sensibilização, com informações sobre o tema e fomento ao engajamento dos membros e servidores ao programa. Como terceira etapa, o projeto prevê a aplicação de um questionário. Por fim, será realizada a publicação dos resultados e a divulgação do panorama nacional identificado. A intenção da Comissão da Saúde é que o trabalho culmine na elaboração da Política Nacional de Saúde Mental do Ministério Público.

Com informações: CNMP