RS – SIMPE-RS presente em manifestação contra a reforma da previdência

-

Dirigentes do SIMPE-RS e servidores do MPRS estiveram presente, na sexta-feira, 22, do DIA NACIONAL DE LUTA CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA. As atividades, que foram ralizadas em Porto Alegre e em mais de 70 cidades no Estado, foram chamadas pelas centrais sindicais, sindicatos e pelo Fórum Gaúcho em Defesa da Previdência, integrado por diversas entidades ds servidores públicos, entre elas o SIMPE-RS.

No Brasil todo, os trabalhadores foram às ruas dizer não à proposta do governo Bolsonaro para a reforma da previdência que, se aprovada, praticamente acaba com o direito a aposentadoria com extinção gradual da Previdência Pública no país.

Em Porto Alegre, a atividade foi realizada na Esquina Democrática, no centro da Capital, de onde os manifestantes saíram em caminhada até o Largo Zumbi dos Palmares.

Durante as falas e em todo o trajeto, lideranças alertaram a população para os impactos da reforma, e chamaram a resistência. Especialmente os servidores públicos, e os rabalhadores com as menores aposentadorias são os mais prejudicados numa proposta que não acaba com os privilégios, já que preserva juízes, magistrados, promotores, políticos, militares e penaliza os setores mais empobrecidos da população.

As lideranças sindicais, políticas e dos movimentos sociais criticaram a proposta para a aposentadoria dos militares das forças armadas, que não altera praticamente nada, mas acrescenta ganhos que podem chegar a mais de 120% no momento da aposentadoria. Também chamaram à unidade e a mobilização como principais ferramentas para barrar a proposta que reresenta o fim do direito a aposentadoria e propuseram a construção de uma grande greve geral, caso à proposta seja colocada em votação.

OMISSÃO – Apesar do tamanho das mobilizações, com milhares de pessoas em todo o país dizendo não à reforma, a mídia omitiu solenemente as atividades, mostrando, mais uma vez, de que lado está nesta reforma. E não é do lado dos trabalhadores.

Assessoria de Comunicação
26/03/2019 11:34:19

Últimas

Entidades filiadas à FENAMP e à ANSEMP irão distribuir 8,9 mil cartilhas sobre “Prevenção e Enfrentamento ao Assédio Moral e Sexual”

A FENAMP e a ANSEMP, juntamente com suas entidades de base filiadas, realizaram a impressão de 8,9...

Saiu da Mídia: Movimento a Serviço do Brasil lança manifesto por uma reforma administrativa e por uma PEC emergencial que otimizem o Estado

O Blog do Servidor, do jornal Correio Braziliense repercutiu a nota do Movimento a Serviço do Brasil...

O impacto da Reforma Administrativa para os atuais servidores públicos

O 14º Estudo Técnico publicado pela Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público (Servir Brasil) traz informações e revelações relevantes para o debate sobre a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 32/2020. A emenda altera disposições da carta magna que versam sobre servidores, empregados públicos e organização administrativa.

Servir Brasil e Frente da Reforma Administrativa debatem PEC-32 em live

Os deputados federais Professor Israel Batista (PV/DF) e Tiago Mitraud (Novo/MG), presidentes das frentes parlamentares mistas em Defesa do Serviço Público (Servir Brasil) e da Reforma Administrativa, respectivamente, vão participar de uma live nesta quinta (03), às 15h. As duas frentes parlamentares têm pontos de vistas distintos em relação à Proposta de Emenda Constitucional (PEC).

Mais Lidas

Você tambám vai se interessarRelacionado
Para você