Sindicatos se mobilizam contra a reforma da previdência, em Patos de Minas – Patos Agora

-

Nesta manhã de sexta-feira (22), centrais sindicais com sede em Patos de Minas promoveram manifestação contra a proposta de reforma da previdência. Nos informativos divulgados entre os participantes, o grupo classifica o projeto como “destruidor dos direitos dos pobres”.

Na avaliação da maioria dos manifestantes, a reforma de Bolsonaro e Paulo Guedes é derrota para todos os trabalhadores. “São todos os pontos prejudiciais. No entanto, os principais são: a idade mínima, o tempo de contribuição e o BPC, que reduz o valor do benefício para 400 reais. É impossível alguém viver com esse valor”, explicou, em entrevista para Rádio Clube 98, a diretora do SIND-UTE, Sheila Maria Lucas.

Quem também criticou a proposta foi a delegada regional do Sindicato dos Servidores do Ministério Público de Minas Gerais SINDSEMP-MG, Cristina Silva. Para ela, o aumento progressivo da idade mínima é um dos pontos da reforma mais prejudiciais. “Em síntese, é a questão da idade mínima, ela pode ser alterada quando o Governo quiser. Dessa forma, o Governo pode aumentar um pouco idade. Deu sabe onde isso pode parar”, comentou em entrevista.

O rombo da previdência também foi questionado. Para os manifestantes, não há rombo na previdência.

Últimas

GO – SINDSEMP SOLICITA REUNIÃO COM PGJ PARA TRATAR SOBRE A IMPLEMENTAÇÃO DO AUXÍLIO-SAÚDE 

SINDSEMP SOLICITA REUNIÃO COM PGJ PARA TRATAR SOBRE A IMPLEMENTAÇÃO DO AUXÍLIO-SAÚDE  20 de Janeiro de 2021, 15h00 O programa de assistência à saúde suplementar dos membros e servidores do Ministério Público, o auxílio saúde, é tema de reunião solicitada junto ao PGJ. Antes negado por falta de regulamentação, o benefício agora é amparado pelo…

MA – 9 Dicas para ter mais qualidade de vida em casa e no trabalho

Como alcançar o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal?Muitos servidores públicos e trabalhadores em geral passam horas de seus dias numa mesa de escritório, seja num ambiente comercial ou em uma repartição pública. Com isso, é comum não conseguir encontrar uma justa medida entre trabalho e casa, e, com isso, prejudicar a qualidade de vida…

MT – MPE revoga demissão de ex-sindicalista que foi exonerado na gestão de Prado

O Ministério Público Estadual (MPE) revogou a demissão do servidor João Guilherme de Oliveira Vicente Ferreira, ex-presidente do Sindicato dos Servidores do Ministério Público do Estado de Mato Grosso (Sindsemp-MT). Ferreira havia sido demitido por se ausentar do cargo por um ano supostamente sem autorização administrativa da Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ), enquanto tinha atuação sindical.

Nota de Repúdio — Aprovação da PEC 186/19

A Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público (Servir Brasil) repudia a iniciativa do governo federal de acelerar a articulação no Congresso Nacional visando à aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 186/19. A PEC 186/19 institui mecanismos de ajustes fiscais para reduzir gastos públicos, incluindo a redução de jornada de trabalho e…

Mais Lidas

Você tambám vai se interessarRelacionado
Para você