MA – 22 de março é Dia Nacional de Luta em Defesa da Previdência

-

O Sindsemp/MA se une a todas as categorias de trabalhadores no Dia Nacional de Luta em Defesa da Previdência, com manifestações que serão realizadas amanhã (22), e convoca os servidores filiados a participarem dos atos de protesto.

As mobilizações serão realizadas em várias cidades do Brasil, reunindo trabalhadoras e trabalhadores de todo o país contra a Reforma da Previdência proposta pelo governo Bolsonaro.

Em São Luís, a concentração será realizada a partir das 8h, em frente à agência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), no Parque do Bom Menino, Centro.

Informe-se sobre os atos unificados em sua cidade e vamos dizer NÃO ao ataque à nossa aposentadoria.

O Sindsemp/MA também receberá fotos dos protestos pelo Maranhão. Envie imagens das mobilizações em sua cidade para o email [email protected].

Greve geral – Os protestos são indicativos para uma Greve Geral, caso a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 06/2019, que tramita no Congresso Nacional, seja aprovada. A PEC altera o sistema previdenciário, ampliando o tempo de contribuição e reduzindo direitos garantidos.

Dentre as modificações propostas pelo governo, estão o
aumento da idade mínima para aposentadoria, que deverá passar a 65 anos para homens
e 62 anos para mulheres; aumentos do tempo de contribuição de 15 para 20 anos e
fim das condições especiais para trabalhadores rurais e professores.

Outro ponto que ameaça os direitos dos trabalhadores é a
possibilidade de mudança do regime previdenciário, que atualmente é de
repartição – os trabalhadores ativos pagam a aposentadoria dos trabalhadores
inativos – para o sistema de capitalização, em que o trabalhador contribui para
sua própria aposentadoria durante os anos de trabalho, poupando em uma conta
individual, administrada por financeiras privadas.

O Dia Nacional de Luta em Defesa da Previdência é uma alerta à população sobre os ataques aos direitos dos trabalhadores, sobretudo os mais pobres, começados pelo governo Michel Temer e aprofundado pelo governo Bolsonaro.

Fontes: Andes

CUT

Últimas

GO – SINDSEMP SOLICITA REUNIÃO COM PGJ PARA TRATAR SOBRE A IMPLEMENTAÇÃO DO AUXÍLIO-SAÚDE 

SINDSEMP SOLICITA REUNIÃO COM PGJ PARA TRATAR SOBRE A IMPLEMENTAÇÃO DO AUXÍLIO-SAÚDE  20 de Janeiro de 2021, 15h00 O programa de assistência à saúde suplementar dos membros e servidores do Ministério Público, o auxílio saúde, é tema de reunião solicitada junto ao PGJ. Antes negado por falta de regulamentação, o benefício agora é amparado pelo…

MA – 9 Dicas para ter mais qualidade de vida em casa e no trabalho

Como alcançar o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal?Muitos servidores públicos e trabalhadores em geral passam horas de seus dias numa mesa de escritório, seja num ambiente comercial ou em uma repartição pública. Com isso, é comum não conseguir encontrar uma justa medida entre trabalho e casa, e, com isso, prejudicar a qualidade de vida…

MT – MPE revoga demissão de ex-sindicalista que foi exonerado na gestão de Prado

O Ministério Público Estadual (MPE) revogou a demissão do servidor João Guilherme de Oliveira Vicente Ferreira, ex-presidente do Sindicato dos Servidores do Ministério Público do Estado de Mato Grosso (Sindsemp-MT). Ferreira havia sido demitido por se ausentar do cargo por um ano supostamente sem autorização administrativa da Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ), enquanto tinha atuação sindical.

Nota de Repúdio — Aprovação da PEC 186/19

A Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público (Servir Brasil) repudia a iniciativa do governo federal de acelerar a articulação no Congresso Nacional visando à aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 186/19. A PEC 186/19 institui mecanismos de ajustes fiscais para reduzir gastos públicos, incluindo a redução de jornada de trabalho e…

Mais Lidas

Você tambám vai se interessarRelacionado
Para você