PB – SINDSEMP busca solução para impasse que restringiu acesso de servidores em CG

-

  1. O presidente do Sindicato dos Servidores do Ministério Público da Paraíba (SINDSEMP-PB), Daniel Guerra, tratou, no início da manhã desta quinta (28), junto à Administração Superior do órgão, acerca da vedação do acesso aos servidores à entrada auxiliar do prédio da promotoria de Campina Grande, que havia sido equivocadamente reservada apenas para membros da instituição.

Daniel disse ter sido comunicado, no final da tarde dessa quarta-feira (27), que os servidores estavam impedidos de utilizar um dos acessos ao prédio da promotoria de Campina Grande.

Ao tomar conhecimento da situação, Daniel procurou solucionar o impasse, que considerou discriminatório.

‌Daniel Guerra se reuniu com o secretário-geral Antônio Hortêncio e o chefe da assessoria militar, major Werton. No encontro, que teve a participação do diretor financeiro Edicley Valdevino, foi esclarecido que a administração superior não tinha conhecimento da situação. Na oportunidade, o chefe da assessoria militar informou que havia uma determinação para o não uso da entrada por questões de segurança, tanto para servidores quanto para o público em geral, devido a uma fragilidade na segurança com a abertura nesse acesso.

‌Segundo Daniel, o major alegou ter havido uma falha na comunicação entre a medida que precisaria ser implementada e a comunicação feita restringindo o acesso aos servidores. “O secretário garantiu que seria retirado esse comunicado, e que estaria trabalhando junto à assessoria militar e outros setores do órgão para planejar medidas de segurança e preservação na unidade que não traga distinção de tratamento aos que trabalham lá”, destacou.

‌Daniel disse ainda que o sindicato considera a medida adotada pela secretaria-geral acertada em desfazer o equívoco, e de buscar garantir a segurança de todos, mantendo o tratamento adequado para todos os servidores. “Tivemos a garantia do Secretário-Geral de que ocorreu apenas um mal entendido, que será corrigido e as medidas de segurança adotadas, sem qualquer tipo de distinção, respeitando a todos. Enfim, entendemos sensata e correta a posição da Secretaria-geral e consideramos que a questão será resolvida adequadamente”, arrematou.

Últimas

FENAMP participa de reunião com líder Frente Parlamentar Mista da Reforma Administrativa

A FENAMP e a ANSEMP participaram, na quarta-feira (21), de reunião com o líder Frente Parlamentar Mista...

Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público apresenta pedido de suspensão da tramitação da PEC 32/2020

A Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público (Servir Brasil) protocolou, na noite de quarta-feira (21),...

Em ação com outdoors, SINDSEMP-SE dá visibilidade na luta contra Reforma Administrativa

O SINDSEMP-SE está empenhado na campanha de informação sobre os malefícios da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 32/2020,...

Frente Servir Brasil cobra divulgação de dados que governo federal usou para Reforma Administrativa

Os parlamentares da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público (Servir Brasil) protocolaram, na noite desta quarta-feira (21/10), um mandado de segurança que solicita ao Ministério da Economia abertura de dados que deram suporte à PEC 32/2020, conhecida como a Reforma Administrativa.

Mais Lidas

- Advertisement -

Você tambám vai se interessarRelacionado
Para você