PGR declara Inconstitucional Cargos Comissionados em SC – Simpe

-

banner (1)

A Procuradora-geral da República, Raquel Dodge, se manifestou pela procedência da ADI (Ação Direta de Inconstitucionalidade 5.777/SC) sobre cargos Comissionados no MPSC. A ANSEMP alega que a desproporcionalidade do número de cargos comissionados (1.205) com o de cargos efetivos (655) no quadro do MPSC ofende o art. 37- caput (princípios da moralidade, da impessoalidade e da eficiências) e II (regra do concurso público) da CR.

“vale lembrar a notícia da associação autora de que em quinze anos o MPSC multiplicou por quatorze o número de cargos de livre provimento e apenas por dois o número de cargos a serem preenchidos por servidores efetivos. Isso porque, em 2002, o MPSC contava com 382 cargos efetivos e 86 cargos comissionados, enquanto que, em 2017, conta com 655 cargos efetivos e 1.204 comissionados. Há, portanto, flagrante inconstitucionalidade na criação e na ocupação dos cargos comissionados no âmbito do MPSC”, manifestou em documento Dodge.

Trata-se de ação direta de constitucionalidade, com pedido de medida cautelar, proposta pela Associação Nacional dos Servidores do Ministério Público – ANSEMP, em face das Leis Complementares catarinenses nºs 276/2004 (art. 1º), 368/2006 (arts. 3º e 6º), 400/2006 (art. 4º), 505/2010 (art. 2º), 517/2010 (arts. 4º e 5º), 599/2013 (art. 3º), 629/2014 (art. 4º), 650/2015 (art. 3º), 653/2015 (art. 1º), 664/2015 (arts. 5º e 6º), 665/2015 (art. 6º), 683/2016 (art. 6º), nos pontos em que criam inúmeros cargos de provimento em comissão no âmbito do Ministério Público de Santa Catarina – MPSC.

Últimas

AP: Em reunião com parlamentares, servidores garantem adiamento de parte da Reforma da Previdência estadual

Na manhã desta sexta-feira (18), representantes da diretoria do SINDSEMP-AP se reuniram com o presidente da Assembleia...

Ministério Público de Pernambuco – MPPE realizou curso sobre as funcionalidades e atuação no SNA para membros e servidores

16/09/2020 - Nesta terça-feira (15), o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), através da Escola Superior do Ministério Público (ESMP) e com o apoio do Centro Operacional de Apoio às Promotorias de Justiça de Defesa da Infância e Juventude (Caopij), realizou o curso online Funcionalidades e atuação do Ministério Público no Sistema Nacional de Adoção e…

MPPA aperfeiçoa o Sistema Informatizado SIMP a fim de aprimorar atividades institucionais

As novas funcionalidades irão facilitar a obtenção de informações de prazos, controle de presos e acervos de procedimentos extrajudiciais e processos no SIMPMembros e servidores do Ministério Público do Pará participaram nesta quarta-feira (16) de uma reunião técnica por vídeoconferência onde foram apresentadas as mudanças no Sistema Integrado do Ministério Público (SIMP).  A reunião foi…

RS: Em Dia Nacional de Luta, Frente dos Servidores Públicos convoca manifestação contra a Reforma Administrativa

A Frente dos Servidores Públicos, organização que o SIMPE-RS integra, aprovou em reunião, na quinta-feira (16), a...

A Remoção por Motivo de Saúde: requisitos básicos e considerações sobre a relativização da dependência econômica

A remoção por motivo de saúde representa um direito dos servidores públicos e tem sido uma demanda bastante apreciada pelo Poder Judiciário brasileiro. A Lei Federal 8.112/90 garante a possibilidade de remoção do servidor público federal, no âmbito do mesmo quadro, com ou sem mudança de sede, a depender de cada hipótese. Entre estas, há…

PE – Orientações sobre os plantões virtuais

ORIENTAÇÕES PLANTÕES VIRTUAIS1 – Entrar em contato com o promotor que está na escala de plantão no dia em que vc estiver escalado, nas vésperas do plantão, para conferir se não houve mudança na escala;2 – Na capital, existem dois e-mails que são utilizados nos plantões, um do fórum e outro da Infância e Juventude,…

Mais Lidas

Você tambám vai se interessarRelacionado
Para você