PB – SINDSEMP/ASMP se reúnem com procurador-geral e discutem pleitos da categoria

-

A diretoria do Sindicato dos Servidores do Ministério Público da Paraíba (SINDSEMP-PB) e da Associação dos Servidores do Ministério Público da Paraíba (ASMP-PB) se reuniu, nesta quarta-feira (28), com o procurador-geral de Justiça, Francisco Seráphico da Nóbrega Filho. Na pauta do encontro, a questão da implantação da 2ª parcela da data base da categoria, pagamento de pecúnias e pagamento do retroativo referente à data base de 2016.

Além de Daniel Guerra, participaram do encontro, o vice-presidente do SINDSEMP/ASMP, Carlos Fonseca, o diretor financeiro do SINDSEMP/ASMP, Edicley Valdevino, o coordenador executivo da Fenamp, Aloysio Carneiro Júnior, além do diretor financeiro do Órgão, Ubirajara Coutinho.

De acordo com o presidente do SINDSEMP/ASMP, Daniel Guerra, o procurador se comprometeu em honrar todos os compromissos assumidos perante a categoria, garantindo o 2º percentual da data base em dezembro, além do retroativo desse percentual incidente sobre o 13º salário  e a aplicação sobre o terço de férias, pago também em dezembro.

Sobre o pagamento das pecúnias, Daniel disse que o procurador tem por objetivo pagar todas aquelas que já foram autorizadas por ele, e que já tem recursos que asseguram o pagamento de todas aquelas que estavam programadas para até o mês de dezembro, dentro da regra estabelecida de forma isonômica, para membros e servidores.

Retroativo

O procurador também renovou o compromisso de quitar integralmente o retroativo, conforme acertado com o sindicato e servidores, e que já estão sendo feitos ajustes orçamentários para que seja efetuado o pagamento. “A diretoria financeira vem fazendo os ajustes e levantamentos e na próxima semana, após o fechamento da tramitação dos processos administrativos, deveremos nos reunir novamente para a definição desse pagamento”, projetou.

Daniel Guerra destacou que o procurador determinou ao diretor financeiro a tomar todas as medidas necessárias para que sejam cumpridos os compromissos e honrados os pagamentos. “Faço uma avaliação positiva no sentido de o procurador ter reafirmado o seu compromisso de cumprir as obrigações e acordo firmado com os servidores. Nosso sindicato vai permanecer em diligência, e na próxima semana acreditamos que tudo será resolvido e definido”, afirmou.

O vice-presidente do SINDSEMP/ASMP, Carlos Fonseca, disse que apesar de a reunião não ter sido satisfatória por completo, foi produtiva e positiva dado o compromisso do procurador em quitar as pendências, inclusive em uma única parcela.

Fonte: SINDSEMP/PB

Últimas

FENAMP participa de reunião com líder Frente Parlamentar Mista da Reforma Administrativa

A FENAMP e a ANSEMP participaram, na quarta-feira (21), de reunião com o líder Frente Parlamentar Mista...

Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público apresenta pedido de suspensão da tramitação da PEC 32/2020

A Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público (Servir Brasil) protocolou, na noite de quarta-feira (21),...

Em ação com outdoors, SINDSEMP-SE dá visibilidade na luta contra Reforma Administrativa

O SINDSEMP-SE está empenhado na campanha de informação sobre os malefícios da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 32/2020,...

Frente Servir Brasil cobra divulgação de dados que governo federal usou para Reforma Administrativa

Os parlamentares da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público (Servir Brasil) protocolaram, na noite desta quarta-feira (21/10), um mandado de segurança que solicita ao Ministério da Economia abertura de dados que deram suporte à PEC 32/2020, conhecida como a Reforma Administrativa.

Mais Lidas

- Advertisement -

Você tambám vai se interessarRelacionado
Para você