Derrubada do veto à Data-Base dos servidores do MPGO ainda não foi à Plenário

-

A derrubada do veto ao projeto nº 2017001250, que concede o reajuste relativo ao ano de 2017 aos servidores do Ministério Público – GO, não foi à Plenário até essa quarta-feira (28).

O presidente do Sindsemp, Márcio Gleyson acompanhou as sessões juntamente com servidores do Ministério Público. Porém, a votação pela derrubada do veto novamente foi adiada.

Durante a votação da ordem do dia em sessão extraordinária nesta quarta, o Plenário aprovou definitivamente o projeto que prevê mudanças no plano de cargos e salários da Agrodefesa (Agencia Goiana de Defesa Agropecuária), na qual os servidores ocuparam as galerias da ALEGO e acompanharam a votação.

Espera-se que o projeto da Data-base de 2017 vá à Plenário nas próximas sessões, antes do recesso de julho. A próxima sessão ocorre às 15h dessa quinta-feira (29).

Durante as sessões, os servidores do Ministério Público, Diogo Vieira e Ilton Alves, defenderam importância da participação dos servidores nas lutas pelos seus direitos junto ao sindicato.

O Presidente da ALEGO afirmou que realizará sessões extraordinárias, tantas quantas forem necessárias, para votar todos os projetos pendentes da pauta legislativa, portanto poderão ocorrer sessões plenárias na sexta-feira, bem como no início da semana que vem.

O Presidente do SINDSEMP permanecerá na resistência pela aprovação desses projetos a’te o final do processo legislativo.

Últimas

FENAMP participa de reunião com líder Frente Parlamentar Mista da Reforma Administrativa

A FENAMP e a ANSEMP participaram, na quarta-feira (21), de reunião com o líder Frente Parlamentar Mista...

Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público apresenta pedido de suspensão da tramitação da PEC 32/2020

A Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público (Servir Brasil) protocolou, na noite de quarta-feira (21),...

Em ação com outdoors, SINDSEMP-SE dá visibilidade na luta contra Reforma Administrativa

O SINDSEMP-SE está empenhado na campanha de informação sobre os malefícios da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 32/2020,...

Frente Servir Brasil cobra divulgação de dados que governo federal usou para Reforma Administrativa

Os parlamentares da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público (Servir Brasil) protocolaram, na noite desta quarta-feira (21/10), um mandado de segurança que solicita ao Ministério da Economia abertura de dados que deram suporte à PEC 32/2020, conhecida como a Reforma Administrativa.

Mais Lidas

- Advertisement -

Você tambám vai se interessarRelacionado
Para você