Servidores do MPBA realiza nova mobilização da campanha salarial

-

Cumprindo as deliberações da Assembleia Geral realizada pela categoria no dia 30/05/2017, os servidores do Ministério Público do Estado da Bahia paralisaram as atividades neste dia 06/06/2017. Essa foi a quarta das paralisações deliberadas dentro da Campanha Congelados, que tem como objetivo demonstrar a insatisfação quanto à falta de empenho da Administração Superior do MPBA em trabalhar em prol do resgate da autonomia da instituição, bem como da valorização de seus servidores, além de cobrar da Assembleia Legislativa (ALBA) a aprovação do PL nº 21.346/2015 (Evolução na carreira) e do PL nº 22.019/2016 (Reposição inflacionária).

Como de praxe, pela manhã, alguns servidores acompanharam as informações prestadas pela Diretoria Executiva do SINDSEMP-BA em frente à sede do MP/CAB. Faixas foram fixadas nas portas e panfletos da Campanha Congelados foram novamente distribuídos entre os servidores.

Durante a tarde, um grupo de servidores da Capital e Região Metropolitana participou da sessão ordinária do Conselho Superior do Ministério Público do Estado da Bahia, que estava acontecendo na sede MP/CAB. Na oportunidade, foram distribuídos panfletos da Campanha Congelados, tendo a presença dos “amarelinhos” despertado a curiosidade de alguns Procuradores. Com a palavra, o Diretor-Presidente do SINDSEMP-BA expôs os motivos da nossa manifestação.

Ao término da reunião do Conselho, o grupo se dirigiu à ALBA para participar de sessão plenária daquela Casa. Lá, a presença dos amarelinhos também foi, mais uma vez, destacada durante o discurso de diversos Deputados, reforçando que estamos no caminho certo, pois cada vez mais deputados tomam conhecimento dos nossos Projetos e do objetivo de nossa presença. Como é do conhecimento da categoria, a adoção dessa estratégia já foi elogiada e orientada a ser feita por diversos deputados.

Os servidores presentes ao Ato relataram que, apesar da manifestação de hoje ter sido tímida em número, foi muito proveitosa. E há razão nesse comentário, pois conseguimos agendar reunião com o presidente da ALBA, o deputado Angelo Coronel, para o dia 13/06/2017, às 10h.

Sendo assim, a Diretoria do SINDSEMP-BA gostaria de PARABENIZAR cada um dos servidores que participaram no dia de hoje, seja aderindo à paralisação e/ou seja participando dos Atos, além de convocar toda a categoria para se fazer presente na Capital no dia 13/06/2017, considerando que já havia sido deliberada paralisação para esta data, a fim de realizarmos um Ato ainda maior e conseguirmos colocar nossos Projetos em votação.

Esperamos um engajamento ainda maior na paralisação e manifestação do dia 13/06/2017, cuja Caravana já está sendo montada e terá convocação específica.

Últimas

Retomada da luta contra a Reforma Administrativa

Um dos principais objetivos deste artigo é mais uma vez demonstrar a amplitude e a complexidade do que se convencionou chamar “Reforma Administrativa”. Que não se encerra numa PEC e em mais alguns outros projetos. A leitura é necessária, vasta, complexa e tem que ser permanente. Vladimir Nepomuceno* Em fevereiro, o Congresso retoma suas atividades…

GO – SINDSEMP SOLICITA REUNIÃO COM PGJ PARA TRATAR SOBRE A IMPLEMENTAÇÃO DO AUXÍLIO-SAÚDE 

SINDSEMP SOLICITA REUNIÃO COM PGJ PARA TRATAR SOBRE A IMPLEMENTAÇÃO DO AUXÍLIO-SAÚDE  20 de Janeiro de 2021, 15h00 O programa de assistência à saúde suplementar dos membros e servidores do Ministério Público, o auxílio saúde, é tema de reunião solicitada junto ao PGJ. Antes negado por falta de regulamentação, o benefício agora é amparado pelo…

MA – 9 Dicas para ter mais qualidade de vida em casa e no trabalho

Como alcançar o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal?Muitos servidores públicos e trabalhadores em geral passam horas de seus dias numa mesa de escritório, seja num ambiente comercial ou em uma repartição pública. Com isso, é comum não conseguir encontrar uma justa medida entre trabalho e casa, e, com isso, prejudicar a qualidade de vida…

MT – MPE revoga demissão de ex-sindicalista que foi exonerado na gestão de Prado

O Ministério Público Estadual (MPE) revogou a demissão do servidor João Guilherme de Oliveira Vicente Ferreira, ex-presidente do Sindicato dos Servidores do Ministério Público do Estado de Mato Grosso (Sindsemp-MT). Ferreira havia sido demitido por se ausentar do cargo por um ano supostamente sem autorização administrativa da Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ), enquanto tinha atuação sindical.

Mais Lidas

Você tambám vai se interessarRelacionado
Para você