FENAMP acompanha ratificação da fundação do Sindsemp/TO

-

Uma representação de dirigentes da FENAMP estará acompanhando a Assembleia Geral Extraordinária do SINDSEMP/TO. A Assembleia Geral está marcada para o Auditório do Ministério Público do Estado de Tocantins, a partir das 16h. Na pauta, está a ratificação da fundação da entidade, dos seus estatutos e a eleição de nova direção executiva.

A realização da Assembleia é necessária porque o Sindicato teve seu registro indeferido perante o Ministério do Trabalho e Emprego no primeiro semestre de 2016, na mesma época em que houve uma renúncia coletiva da maioria da direção sindical atual.

Para Marcio Gleyson Bittencourt, presidente do Sindicatos dos Servidores do Ministério Público do Estado de Goiás (SINDSEMP-GO), que compõe a representação de dirigentes, “é fundamental resgatar o Sindicato de Tocantins e inseri-lo na nova dinâmica nacional da categoria, que hoje conta com uma Federação forte, organizada em mais de vinte estados. Por isso, estamos acompanhando a Assembleia Geral e queremos dar todo o apoio a entidade em seu processo de reorganização”.
Os dirigentes também participaram de uma reunião com os servidores convocada pela ASAMP-TO, a Associação dos Servidores do Ministério Público de Tocantins, na qual foram tratados temas de interesse da categoria, como a incorporação de valores da URV, e sobre as ações nacionais da FENAMP.
Além de Marcio Gleyson, estão no Tocantins os Coordenadores Executivos da FENAMP Rondineli Caldas e Tony Távora.
Importância da Participação da categoria
É fundamental a participação da categoria neste momento em que vivemos uma grande reorganização do movimento nacional de servidores do Ministério Público. A refundação do SINDSEMP/TO em patamares democráticos é fundamental para que a categoria tenha voz forte  na defesa de seus direitos. Servidor de Tocantins, participe deste momento.

Últimas

MT – MPE revoga demissão de ex-sindicalista que foi exonerado na gestão de Prado

O Ministério Público Estadual (MPE) revogou a demissão do servidor João Guilherme de Oliveira Vicente Ferreira, ex-presidente do Sindicato dos Servidores do Ministério Público do Estado de Mato Grosso (Sindsemp-MT). Ferreira havia sido demitido por se ausentar do cargo por um ano supostamente sem autorização administrativa da Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ), enquanto tinha atuação sindical.

Nota de Repúdio — Aprovação da PEC 186/19

A Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público (Servir Brasil) repudia a iniciativa do governo federal de acelerar a articulação no Congresso Nacional visando à aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 186/19. A PEC 186/19 institui mecanismos de ajustes fiscais para reduzir gastos públicos, incluindo a redução de jornada de trabalho e…

RJ – Presidente da Assemperj e membros do FOSPERJ são nomeados para o Conselho Fiscal do RIOPREVIDÊNCIA

O governador em exercício do Estado do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, publicou um decreto no Diário Oficial de ontem (13/01/21), nomeando os membros do Conselho Fiscal do Fundo Único de Previdência Social – RIOPREVIDÊNCIA.

Não incide contribuição social sobre o terço constitucional de férias para os servidores públicos

Recentemente, o Supremo Tribunal Federal julgou o recurso extraordinário nº 1.072.485, da relatoria do Ministro Marco Aurélio, que gerou o tema de repercussão geral nº 985, ementado como: "É legítima a incidência de contribuição social sobre o valor satisfeito a título de terço constitucional de férias.

Mais Lidas

Você tambám vai se interessarRelacionado
Para você