Edital de Convocação da I Plenária da FENAMP

-

EDITAL 01/2017
CONVOCAÇÃO PARA A PLENÁRIA NACIONAL DA FENAMP

 

A Coordenação Executiva da Federação Nacional dos Servidores dos Ministérios Públicos Estaduais (FENAMP), com base no Art. 26, VII, do Estatuto, CONVOCA todos os Sindicatos Filiados à FENAMP para a Plenária Nacional, que ocorrerá  nos dias 28 e 29 de Abril de 2017, no Hotel Arituba Park, na Cidade de Natal, Estado do Rio Grande do Norte. Com a Seguinte Pauta:

  1. Análise de Conjuntura;
  2. Balanço Organizativo;
  3. Definição da Pauta de Lutas 2017 e Aprovação do Plano de Ação 2017;
  4. Prestação de Contas e Previsão orçamentária 2017;
  5. Recomposição da Coordenação Executiva;
  6. Recursos às decisões da Coordenação Executiva;
  7. O que ocorrer.

Art. 1º O Sindicato Filiado à FENAMP será representado na Plenária Nacional pelos: Delegados de Diretoria, Delegados de Base e Observadores.

Parágrafo primeiro: Os Delegados de Diretoria e de Base terão Direito a Voz e Voto. Os Observadores terão direito a voz, como determina o Art. 20 do seu Estatuto.

Parágrafo segundo: Cabe aos Delegados debater, apresentar propostas, teses, sugestões,  moções, encaminhamentos ou representações de qualquer natureza que demandem providências de qualquer natureza.

Art. 2º Para participar da Plenária Nacional da FENAMP o Sindicato Filiado deverá estar em dia com a contribuição mensal para a Federação, como rege o Art. 9º, do Estatuto da FENAMP.

Art. 3º O Sindicato filiado deverá convocar Assembleia Geral para eleição dos Delegados de Diretoria, de acordo com o previsto no Art. 19, I.

Parágrafo primeiro: entende por Delegado de Diretoria o Delegado escolhido em Assembleia Geral, dentre os Diretores da atual Diretoria do Sindicato Filiado.

Parágrafo segundo: Cada Sindicato Filiado tem direto a escolher apenas 1 (um) Delegado de Diretoria, Art. 19, § 1º, do Estatuto da FENAMP.

Art. 4º Na mesma Assembleia que escolher o Delegado de Diretoria deverá ser realizada eleição para escolha dos Delegados de Base, seguindo as seguintes regras, como previsto no Art. 19, § 3º, alíneas a-g, do Estatuto da FENAMP:

I – Até 150 sindicalizados (filiados) 01 (um) Delegado;

II – 02 (dois) Delegados de Base para 151 a 300 sindicalizados (filiados);

III – 03 (três) Delegados de Base para 301 a 450 sindicalizados (filiados);

IV – 04 (quatro) Delegados de Base para 451 a 600 sindicalizados (filiados);

V – 05 (cinco) Delegados de Base para 601 a 750 sindicalizados (filiados);

VI – 06 (seis) Delegados de Base para751 a 900 sindicalizados (filiados);

VII – 07 (sete) Delegados de Base acima de 900 sindicalizados (filiados);

Parágrafo primeiro – O Sindicato deverá convocar a Assembleia através de Edital, constando em uma de suas pautas a Eleição para Delegados de Diretoria, De Base e Observadores para a participação na Plenária Nacional da FENAMP.

Parágrafo segundo – O Sindicato deverá dar ampla divulgação em seus meios de comunicação com a base, deste Edital, dando publicidade a esta Pauta da Plenária Nacional.

Parágrafo terceiro – Para comprovar a qualidade de Delegado de Diretoria, Delegado de Base e Observadores na Plenária Nacional, deverá a Entidade apresentar a Coordenação da FENAMP, até o dia 28/04/2017, às 13:30 horas (30 minutos do inicio da Plenária), cópia do Edital de Convocação da Assembleia Geral que conste como ponto de Pauta a escolha dos Delegados para a Plenária Nacional da FENAMP, bem como a Ata da Assembleia objeto do referido Edital, devidamente assinada pelos presentes.

Brasília-DF, 23 de março de 2017.

Rosivane Mendes
Coordenadora da FENAMP

Rondineli Caldas
Rosivane Mendes
Coordenador da FENAMP

Valdeny Barros
Coordenador da FENAMP

Gilmar Rodrigues
Coordenador da FENAMP

Aloysio Carneiro
Coordenador da FENAMP

 

 

Últimas

MT – MPE revoga demissão de ex-sindicalista que foi exonerado na gestão de Prado

O Ministério Público Estadual (MPE) revogou a demissão do servidor João Guilherme de Oliveira Vicente Ferreira, ex-presidente do Sindicato dos Servidores do Ministério Público do Estado de Mato Grosso (Sindsemp-MT). Ferreira havia sido demitido por se ausentar do cargo por um ano supostamente sem autorização administrativa da Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ), enquanto tinha atuação sindical.

Nota de Repúdio — Aprovação da PEC 186/19

A Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público (Servir Brasil) repudia a iniciativa do governo federal de acelerar a articulação no Congresso Nacional visando à aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 186/19. A PEC 186/19 institui mecanismos de ajustes fiscais para reduzir gastos públicos, incluindo a redução de jornada de trabalho e…

RJ – Presidente da Assemperj e membros do FOSPERJ são nomeados para o Conselho Fiscal do RIOPREVIDÊNCIA

O governador em exercício do Estado do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, publicou um decreto no Diário Oficial de ontem (13/01/21), nomeando os membros do Conselho Fiscal do Fundo Único de Previdência Social – RIOPREVIDÊNCIA.

Não incide contribuição social sobre o terço constitucional de férias para os servidores públicos

Recentemente, o Supremo Tribunal Federal julgou o recurso extraordinário nº 1.072.485, da relatoria do Ministro Marco Aurélio, que gerou o tema de repercussão geral nº 985, ementado como: "É legítima a incidência de contribuição social sobre o valor satisfeito a título de terço constitucional de férias.

Mais Lidas

Você tambám vai se interessarRelacionado
Para você