PARAÍBA: Colégio de Procuradores aprova proposta que garante data-base 2017 para servidores do MP

-

A proposta que garante a data-base 2017 dos servidores do Ministério Público da Paraíba foi aprovada, por unanimidade, durante sessão ordinária do Colégio de Procuradores de Justiça (CPJ) do MPPB desta segunda-feira (13). O percentual aprovado foi de 5,5%, em duas parcelas de 2,75%, com vigência a partir dos meses de janeiro e dezembro deste ano.

O presidente do Sindicato dos Servidores do Ministério Público da Paraíba (SINDSEMP-PB), Daniel Guerra, agradeceu aos Procuradores pela aprovação e disse que o colegiado sempre esteve ao lado dos servidores e do cumprimento da lei.

Daniel lembrou que apesar da aprovação, a proposta não contempla integralmente os anseios da categoria, principalmente por ficar aquém do índice de inflação do ano passado, que foi de 6,29%. Ele disse que o fato de a proposta ter sido apresentada em duas parcelas, quando deveria ter sido integralmente cumprida em janeiro , também contribuiu neste sentido. “A proposta não supera a inflação,e além de não corrigir as perdas, a categoria também acumula outras perdas referentes ao ano anterior”, disse.

Outro ponto que ficou a desejar, na visão da categoria, é o fato de a proposta não contemplar as perdas acumuladas no ano anterior e não abranger as verbas indenizatórias.Daniel Guerra disse que apesar de não ser o cenário ideal, os servidores compreenderam as dificuldades do atual cenário econômico por que passa o país.  “Por outro lado, ficamos felizes com a aprovação da proposta e agora vamos procurar a Assembleia Legislativa para que o nosso projeto seja colocado em pauta e sancionado o mais breve possível”, afirmou.

Fonte:  SINDSEMPPB

Últimas

FENAMP participa de reunião com líder Frente Parlamentar Mista da Reforma Administrativa

A FENAMP e a ANSEMP participaram, na quarta-feira (21), de reunião com o líder Frente Parlamentar Mista...

Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público apresenta pedido de suspensão da tramitação da PEC 32/2020

A Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público (Servir Brasil) protocolou, na noite de quarta-feira (21),...

Em ação com outdoors, SINDSEMP-SE dá visibilidade na luta contra Reforma Administrativa

O SINDSEMP-SE está empenhado na campanha de informação sobre os malefícios da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 32/2020,...

Frente Servir Brasil cobra divulgação de dados que governo federal usou para Reforma Administrativa

Os parlamentares da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público (Servir Brasil) protocolaram, na noite desta quarta-feira (21/10), um mandado de segurança que solicita ao Ministério da Economia abertura de dados que deram suporte à PEC 32/2020, conhecida como a Reforma Administrativa.

Mais Lidas

- Advertisement -

Você tambám vai se interessarRelacionado
Para você