PARAÍBA: Colégio de Procuradores aprova proposta que garante data-base 2017 para servidores do MP

-

A proposta que garante a data-base 2017 dos servidores do Ministério Público da Paraíba foi aprovada, por unanimidade, durante sessão ordinária do Colégio de Procuradores de Justiça (CPJ) do MPPB desta segunda-feira (13). O percentual aprovado foi de 5,5%, em duas parcelas de 2,75%, com vigência a partir dos meses de janeiro e dezembro deste ano.

O presidente do Sindicato dos Servidores do Ministério Público da Paraíba (SINDSEMP-PB), Daniel Guerra, agradeceu aos Procuradores pela aprovação e disse que o colegiado sempre esteve ao lado dos servidores e do cumprimento da lei.

Daniel lembrou que apesar da aprovação, a proposta não contempla integralmente os anseios da categoria, principalmente por ficar aquém do índice de inflação do ano passado, que foi de 6,29%. Ele disse que o fato de a proposta ter sido apresentada em duas parcelas, quando deveria ter sido integralmente cumprida em janeiro , também contribuiu neste sentido. “A proposta não supera a inflação,e além de não corrigir as perdas, a categoria também acumula outras perdas referentes ao ano anterior”, disse.

Outro ponto que ficou a desejar, na visão da categoria, é o fato de a proposta não contemplar as perdas acumuladas no ano anterior e não abranger as verbas indenizatórias.Daniel Guerra disse que apesar de não ser o cenário ideal, os servidores compreenderam as dificuldades do atual cenário econômico por que passa o país.  “Por outro lado, ficamos felizes com a aprovação da proposta e agora vamos procurar a Assembleia Legislativa para que o nosso projeto seja colocado em pauta e sancionado o mais breve possível”, afirmou.

Fonte:  SINDSEMPPB

Últimas

MT – MPE revoga demissão de ex-sindicalista que foi exonerado na gestão de Prado

O Ministério Público Estadual (MPE) revogou a demissão do servidor João Guilherme de Oliveira Vicente Ferreira, ex-presidente do Sindicato dos Servidores do Ministério Público do Estado de Mato Grosso (Sindsemp-MT). Ferreira havia sido demitido por se ausentar do cargo por um ano supostamente sem autorização administrativa da Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ), enquanto tinha atuação sindical.

Nota de Repúdio — Aprovação da PEC 186/19

A Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público (Servir Brasil) repudia a iniciativa do governo federal de acelerar a articulação no Congresso Nacional visando à aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 186/19. A PEC 186/19 institui mecanismos de ajustes fiscais para reduzir gastos públicos, incluindo a redução de jornada de trabalho e…

RJ – Presidente da Assemperj e membros do FOSPERJ são nomeados para o Conselho Fiscal do RIOPREVIDÊNCIA

O governador em exercício do Estado do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, publicou um decreto no Diário Oficial de ontem (13/01/21), nomeando os membros do Conselho Fiscal do Fundo Único de Previdência Social – RIOPREVIDÊNCIA.

Não incide contribuição social sobre o terço constitucional de férias para os servidores públicos

Recentemente, o Supremo Tribunal Federal julgou o recurso extraordinário nº 1.072.485, da relatoria do Ministro Marco Aurélio, que gerou o tema de repercussão geral nº 985, ementado como: "É legítima a incidência de contribuição social sobre o valor satisfeito a título de terço constitucional de férias.

Mais Lidas

Você tambám vai se interessarRelacionado
Para você