FENAMP se filia ao DIAP e aposta na qualificação

0
1028

A Coordenação Executiva da FENAMP deliberou, em reunião do colegiado no dia 7/10, em Curitiba, pela adesão da FENAMP ao DIAP (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar –  www.diap.org.br). A iniciativa tem como objetivo proporcionar à entidade mais um importante instrumento de qualificação na sua atuação sindical e também aos sindicatos filiados.

Segundo o integrante da coordenação executiva da FENAMP, Aloysio Carneiro, a parceria com o DIAP será fundamental para um entendimento e acompanhamento mais profundo dos projetos que tramitam no Congresso, notadamente os que tratam de temas de interesse dos servidores e do setor público. “Questões como agenda legislativa dos trabalhadores, direito de greve e análise de projetos de lei, são algumas das situações que poderemos contar com o auxílio do Departamento para melhor definição de estratégias de atuação”, esclareceu Aloysio, destacando que outras inúmeras ações poderão ter o apoio do DIAP, inclusive a articulação junto aos deputados.

Aloysio esclarece que o a diretoria da entidade é constituída por dirigentes sindicais e o comando político-sindical é exercido pelas próprias entidades filiadas. O DIAP tem uma diretoria técnica, que atua junto à Diretoria Executiva, cujas funções consistem em coordenar as reuniões de técnicos e consultores, emitir pareceres, monitorar projetos, atuar junto aos parlamentares e assessorar as entidades sindicais.

O trabalho do DIAP é baseado em princípios como decisões democráticas, suprapartidárias e baseadas no conhecimento técnico.

Sobre o DIAP

Fundado em 19 de dezembro de 1983, o DIAP (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar) foi criado com objetivo de atuar junto aos Poderes da República, em especial no Congresso Nacional, com vistas à institucionalização e transformação em normas legais das reivindicações predominantes, majoritárias e consensuais do movimento sindical.

Na sua atuação, destaca-se:

– Monitora a tramitação legislativa de emendas constitucionais, projetos de lei, substitutivos, emendas, pareceres, requerimentos de informação e discursos parlamentares de interesse da sociedade em geral e dos trabalhadores em particular;

– Presta informações sobre o andamento e possíveis desdobramentos das matérias monitoradas por intermédio de relatórios e demais veículos de comunicação do DIAP, notadamente a Agência, o Boletim e o Jornal;

– Elabora pareceres, projetos, estudos e outros documentos para as entidades filiadas;

– Identifica, desde a eleição, quem são os parlamentares eleitos, de onde vêm, quais são seus redutos eleitorais, quem os financia, e elabora seu perfil político;

– Promove pesquisa de opinião com o objetivo de antecipar o pensamento do Congresso em relação às matérias de interesse dos trabalhadores;

– Organiza base de dados com resultados de votações;

– Produz artigos de análise política, edita estudos técnicos, políticos e realiza eventos de interesse do movimento social organizado;

– Mapeia os atores-chave do processo decisório no Congresso Nacional; Agenda Legislativa dos Trabalhadores no Congresso Nacional 2016 200

– Fornece os contatos atualizados das autoridades dos Três Poderes;

– Monta estratégias com vistas à aprovação de matérias de interesse das entidades sindicais.

Assessoria de Comunicação

13/10/2016 22:59:18