Serviço eleitoral: Sindsemp/MA entra com ação contra o Estado

-

O Sindsemp/MA ingressou, no dia 15 de setembro, com ação contra o Estado no Tribunal de Justiça (TJ/MA), visando o reconhecimento da irregularidade do trabalho eleitoral exercido pelos servidores do Ministério Público do Estado do Maranhão. O processo solicita que seja comunicado a promotores eleitorais sobre a ilegalidade da exigência dessa atividade aos servidores do MP/MA, devendo estes absterem-se de atribuir serviços relacionados à função eleitoral.

O serviço eleitoral também já foi pauta de reivindicação do Sindsemp/MA junto à Procuradoria Geral de Justiça (PGJ). Em ofício encaminhado pelo Sindicato no mês de julho, propunha-se que fossem estabelecidas normas para a contraprestação do trabalho desenvolvido pelos servidores em período de eleições, que tem sido realizado sem nenhuma retribuição.

O pedido foi indeferido pela PGJ, que alegou ser de atribuição dos servidores o trabalho de auxiliar os membros na execução dos trabalhos eleitorais, não configurando trabalho gratuito ou enriquecimento ilícito do Estado. O documento enviado pela PGJ considera que o trabalho eleitoral está dentro do rol de atividades típicas dos servidores do MP/MA.

Diante do posicionamento da PGJ, o Sindsemp/MA decidiu representar contra o Estado, com o objetivo de impedir que tal demanda continue a ser exigida dos servidores. O número para acompanhamento do processo no TJ/MA é 0855093-97.2016.8.10.0001.

Acesse abaixo o parecer emitido pela PGJ:

Parecer sobre a regulamentação do serviço eleitoral – PARTE 1

Parecer sobre regulamentação do serviço eleitoral – PARTE 2

Últimas

FENAMP participa de reunião com líder Frente Parlamentar Mista da Reforma Administrativa

A FENAMP e a ANSEMP participaram, na quarta-feira (21), de reunião com o líder Frente Parlamentar Mista...

Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público apresenta pedido de suspensão da tramitação da PEC 32/2020

A Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público (Servir Brasil) protocolou, na noite de quarta-feira (21),...

Em ação com outdoors, SINDSEMP-SE dá visibilidade na luta contra Reforma Administrativa

O SINDSEMP-SE está empenhado na campanha de informação sobre os malefícios da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 32/2020,...

Frente Servir Brasil cobra divulgação de dados que governo federal usou para Reforma Administrativa

Os parlamentares da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público (Servir Brasil) protocolaram, na noite desta quarta-feira (21/10), um mandado de segurança que solicita ao Ministério da Economia abertura de dados que deram suporte à PEC 32/2020, conhecida como a Reforma Administrativa.

Mais Lidas

- Advertisement -

Você tambám vai se interessarRelacionado
Para você