PB: Sindicatos discutem criação de Fórum Permanente com participação dos servidores de MP, TJ E TCE

0
505

Os presidentes do SINDSEMP-PB, Daniel Guerra, SINDICONTAS, Antônio Duarte, ASSTJE, Amarílio Leite, e o diretor-financeiro da ASTAJ-PB, Ivonaldo Batista, discutiram, nesta terça-feira (27), a criação de um Fórum Permanente de debates e ações conjuntas entre os servidores de diferentes poderes da Paraíba.

A intenção, segundo Daniel Guerra, é possibilitar uma atuação de forma coordenada e integrada na defesa do serviço público, contra sua precarização e alienação.

De acordo com ele, é interesse da sociedade, como um todo, que os poderes funcionem de maneira autônoma e independente, próximos à população e eficazes no trato da coisa pública. “Iremos participar do debate em busca de caminhos que levem ao aprimoramento do serviço público e do seu fortalecimento, com vistas a atender as demandas existentes na sociedade”, destacou.

O presidente do SINDICONTAS, Antônio Duarte, elogiou a iniciativa do SINDSEMP e disse que quanto mais as questões dos servidores forem discutidas será possível encontrar um caminho que levem às soluções para as categorias.

Para o presidente da ASSTJE, Amarílio Leite, a criação do fórum possibilitará a troca de experiências entre as entidades para que os direitos dos servidores sejam mantidos. “Diante de um discurso de crise, infelizmente as perdas só são absorvidas pela parte mais frágil, que é o funcionalismo”, observou.

Já para Ivonaldo Batista, diretor-financeiro da ASTAJ, a organização das entidades é importante por traduzir um objetivo comum na luta, por exemplo, em defesa por melhores condições de trabalho, da data-base das categorias, da realização de concursos públicos e contra o serviço temporário. “É preciso, por exemplo, que os direitos dos servidores sejam mantidos e que as categorias percebam um ganho real em seus vencimentos, e não somente obtenham as perdas da inflação”, arrematou.

Ficou agendado um outro encontro a ser realizado nos próximos dias para ampliar a discussão desta reunião inicial.

Alexandre Freire – assessoria

banner (1)