Sindsemp/MA solicita isonomia no Auxílio-alimentação para servidores e membros

0
780

O Auxílio-alimentação pago a servidores é, em média, quatro vezes menor do que o valor pago aos membros.

A equiparação dos valores do Auxílio-alimentação para membros e servidores foi solicitada pelo Sindsemp/MA, por meio de ofício encaminhado à Procuradoria Geral de Justiça (PGJ), nesta terça-feira (23).

O ofício n° 030/2016 apresenta o comparativo dos valores pagos a servidores e membros do Ministério Público do Estado do Maranhão (MP/MA). De acordo com dados disponíveis no Portal da Transparência da Instituição, foram destinados, no período de janeiro a julho de 2016, R$ 13.364.087,64 para Auxílio-alimentação de membros e servidores.

Do montante de R$ 1.903.358,92 pago no mês de julho, foram destinados R$ 933.073,00 para 337 membros, o que corresponde a uma média de R$ 2.768,76. Para os 1.380 servidores, o valor pago foi de 970.285,97, em média R$ 703,11 para cada um.

Diante da discrepância de valores pagos a membros e servidores, o Sindicato solicitou a revogação do Ato Regulamentar n° 005/2013 – GPGJ, que fixa o valor do Auxílio-alimentação destinado a membros no percentual de 10% do subsídio. A proposta apresentada pelo Sindsemp/MA à PGJ divide o montante igualmente entre membros e servidores, fixando em R$ 1.108,54 o valor do benefício.

“O Auxílio-alimentação possui natureza indenizatória e deve obedecer ao princípio da impessoalidade. A discrepância de valores pagos a membros e servidores fere o princípio da isonomia, ao tratar de modo desigual componentes de uma mesma instituição”, reitera a presidente do Sindsemp/MA, Vânia Leal.

O ofício n° 030/2016 está protocolado sob o número  PA 9844AD/2016 e aguarda posicionamento da PGJ.

Fonte: www.sindsemp-ma.org.br

banner (1)