STJ garante direito de advogar a servidores do MPU

-

Em decisão monocrática proferida pelo ministro Napoleão Nunes Maia Filho, o STJ (Superior Tribunal de Justiça) deferiu Recurso Especial do Sinasempu, garantindo aos servidores do MPU (Ministério Público da União), que solicitaram inscrição na OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) até 17/03/2006, o direito de advogar. Data esta que já está sendo questionada pelo Jurídico do Sinasempu, por entender o dia 15 de dezembro de 2006 a data correta.

“O entendimento firmado nesta Corte é de que, apesar da vedação prevista no art. 21 da Lei 11.415/06, com fundamento no art. 32 do mesmo diploma, deve-se resguardar as situações constituídas antes da publicação da lei, de modo a viabilizar-se o deferimento do pedido de inscrição na OAB protocolado até o dia 17.3.2006”, destaca a decisão.

Para o ministro, os servidores inscritos na OAB antes da vigência da Lei 11.4015/06 devem ter resguardados os seus direitos, conforme disposto no artigo 32 da Lei 11.415/06: “Ficam resguardadas as situações constituídas até a data da publicação desta Lei”.

Na sua decisão, o ministro Napoleão observa que deve ser assegurada a hipótese descrita no Artigo 30 da Lei 8.906/94, do impedimento do exercício da advocacia contra a Fazenda Pública que o remunera ou a qual seja vinculada a entidade empregadora.

Ainda cabe recurso da decisão.

A ação vitoriosa para a categoria foi ajuizada pelo Sinasempu e atualmente é patrocinada pelo Escritório Estillac & Rocha Advogados, que presta Assessoria Jurídica ao Sindicato.

Confira aqui a decisão.

Fonte: http://www.sinasempu.org.br/

21/06/2016 23:26:23

Últimas

MT – MPE revoga demissão de ex-sindicalista que foi exonerado na gestão de Prado

O Ministério Público Estadual (MPE) revogou a demissão do servidor João Guilherme de Oliveira Vicente Ferreira, ex-presidente do Sindicato dos Servidores do Ministério Público do Estado de Mato Grosso (Sindsemp-MT). Ferreira havia sido demitido por se ausentar do cargo por um ano supostamente sem autorização administrativa da Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ), enquanto tinha atuação sindical.

Nota de Repúdio — Aprovação da PEC 186/19

A Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público (Servir Brasil) repudia a iniciativa do governo federal de acelerar a articulação no Congresso Nacional visando à aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 186/19. A PEC 186/19 institui mecanismos de ajustes fiscais para reduzir gastos públicos, incluindo a redução de jornada de trabalho e…

RJ – Presidente da Assemperj e membros do FOSPERJ são nomeados para o Conselho Fiscal do RIOPREVIDÊNCIA

O governador em exercício do Estado do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, publicou um decreto no Diário Oficial de ontem (13/01/21), nomeando os membros do Conselho Fiscal do Fundo Único de Previdência Social – RIOPREVIDÊNCIA.

Não incide contribuição social sobre o terço constitucional de férias para os servidores públicos

Recentemente, o Supremo Tribunal Federal julgou o recurso extraordinário nº 1.072.485, da relatoria do Ministro Marco Aurélio, que gerou o tema de repercussão geral nº 985, ementado como: "É legítima a incidência de contribuição social sobre o valor satisfeito a título de terço constitucional de férias.

Mais Lidas

Você tambám vai se interessarRelacionado
Para você