Assembleia Geral do SINDSEMP-GO delibera por desfiliação da Fenasempe

-

No dia 30/04/2016 foram realizadas duas Assembleias Gerais do SINDSEMP, uma Ordinária e outra Extraordinária, nas quais a categoria dos servidores do Ministério Público de Goiás deliberaram importantes decisões.

A primeira Assembleia foi Ordinária e a categoria aprovou, por unanimidade, o parecer do Conselho Fiscal que pugnou pela aprovação das Contas e dos Demonstrativos Contábeis do SINDSEMP, referentes aos meses de Janeiro a Dezembro dos anos de 2014 e 2015.

Já a Assembleia Extraordinária, que continha uma extensa pauta, deliberou pelos seguintes pontos de pauta, tendo sido aprovados os seguintes itens:

  • Abertura do Processo eleitoral do SINDSEMP para o biênio 2016/2018;
  • Eleição e Nomeação da Comissão Eleitoral;
  • Aprovação do voto por meio Eletrônico;
  • Desfiliação da FENASEMPE, CSPB e CUT;
  • Autorização da categoria para a DIRETORIA do SINDSEMP continuar participando da criação e fundação da FENAMP;
  • Criação e Nomeação dos componentes da COMISSÃO PARLAMENTAR DO SINDSEMP para acompanhar os Processos Legislativos de interesse da categoria;
  • Aprovação do dia 16/05/2016 como o dia de manifestação pelo encaminhamento do Anteprojeto de Lei que contempla as negociações do SINDSEMP com a Administração do MPGO.

Assessoria de Comunicação

C/Informações da Assessoria de Comunicação do SINDSEMP-GO

02/05/2016 20:56:02

Últimas

FENAMP participa de reunião com líder Frente Parlamentar Mista da Reforma Administrativa

A FENAMP e a ANSEMP participaram, na quarta-feira (21), de reunião com o líder Frente Parlamentar Mista...

Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público apresenta pedido de suspensão da tramitação da PEC 32/2020

A Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público (Servir Brasil) protocolou, na noite de quarta-feira (21),...

Em ação com outdoors, SINDSEMP-SE dá visibilidade na luta contra Reforma Administrativa

O SINDSEMP-SE está empenhado na campanha de informação sobre os malefícios da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 32/2020,...

Frente Servir Brasil cobra divulgação de dados que governo federal usou para Reforma Administrativa

Os parlamentares da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público (Servir Brasil) protocolaram, na noite desta quarta-feira (21/10), um mandado de segurança que solicita ao Ministério da Economia abertura de dados que deram suporte à PEC 32/2020, conhecida como a Reforma Administrativa.

Mais Lidas

- Advertisement -

Você tambám vai se interessarRelacionado
Para você